Prova prática de Habilidades Clínicas Revalida 2020 será em julho

RM

Será nos dias 10 e 11 de julho a Prova Prática de Habilidades Clínicas da segunda fase do Revalida 2020. As inscrições vão de 31/05 a 04/06.

Médicos vão fazer prova prática de habilidades do Revalida
Habilidades dos médicos serão avaliadas

Será nos dias 10 e 11 de julho a Prova Prática de Habilidades Clínicas da segunda etapa do Revalida 2020. As inscrições vão de 31/05 a 04/06. Estão aptos a fazer a prova médicos formados no exterior aprovados na primeira fase do exame. A prova é voltada para as cinco grandes áreas da Medicina. A avaliação envolve situações-problema e apresentação de casos, tendo como referência os conteúdos, habilidades e competências do exercício profissional.

Publicada o edital com as datas para da prova prática da segunda etapa do Revalida 2020. A prova de Habilidades Clínicas será aplicada nos dias 10 e 11 de julho 2021 em 13 cidades (veja quadro abaixo).

Se você é formado em instituição de ensino superior estrangeira e passou na primeira etapa do Revalida em dezembro está apto a fazer a prova de Habilidade Clínicas.

 As inscrições vão de 31 de maio a 4 de junho de 2021. Quem for fazer a prova prática do Revalida precisará pagar uma taxa de 3.330,00 (três mil trezentos e trinta reais),

Conteúdo da prova prática de Habilidades Clínicas Revalida 2020

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), nessa etapa do exame, os médicos realizarão prova prática de habilidades clínicas, voltadas para as cinco grandes áreas do exercício profissional: clínica médica, cirurgia, ginecologia-obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

 A avaliação envolve situações-problema e apresentação de casos, tendo como referência os conteúdos, habilidades e competências do exercício profissional.

Como é realizada a prova de Habilidades Clínicas?

 A prova de habilidades clínicas é estruturada em um conjunto de 10 (dez) estações. Nas estações, o participante deverá realizar tarefas específicas das cinco grandes áreas médicas.

O participante percorrerá um conjunto de 05 (cinco) estações no primeiro dia de prova e outras 05 (cinco) estações no segundo dia de prova, respeitando-se o período descrito no cartão de confirmação da inscrição.

 A avaliação envolverá situações-problema e apresentação de casos tendo como referência os conteúdos, habilidades e competências dos cinco grandes eixos da formação e do exercício profissional e os objetos descritos na Matriz de Referência do Revalida, publicada pela Portaria Inep nº 540, de 17 de setembro de 2020.

A cada estação da prova prática de habilidades clínicas será pontuada de 0 (zero) a 10 (dez), implicando em nota máxima de 100 (cem) pontos para o conjunto das dez estações.

Supervisão presencial e avaliação

A prova de habilidades clínicas do Revalida contará com uma fase de supervisão presencial da aplicação de prova e uma de dupla avaliação do participante, a saber:

 Supervisão Presencial: ocorrerá nos dias de aplicação da prova prática e será realizada por um Chefe de Estação alocado em cada estação, devidamente qualificado, que garantirá as condições para a execução da avaliação.

Avaliação: será executada por dois avaliadores a partir das filmagens realizadas nos dois dias de aplicação do Exame.

Dez minutos em cada estação

 Em cada estação, os participantes disporão de 10 (dez) minutos para realizar as tarefas exigidas, seguindo as orientações do Chefe de Estação, caso essas existam. Em cada um dos dois dias de aplicação, os participantes terão cerca de 50 (cinquenta) minutos para concluir as tarefas e atividades exigidas.  A mudança do participante de uma estação para a outra é denominada “rodada”.

Após os 10 (dez) minutos estipulados para a execução da primeira rodada, o participante, obrigatoriamente, deverá mudar de estação com o auxílio de um colaborador.

As habilidades a serem avaliadas em cada estação serão aferidas por médicos examinadores, devidamente capacitados, por meio dos vídeos de provas, utilizando instrumento de avaliação que detalha o desempenho esperado, permitindo a aplicação de um escore e a definição de um padrão adequado de desempenho do participante.

Participante do Revalida deve escolher cidade

No momento da inscrição, o participante deverá escolher a cidade onde pretende realizar o exame. Serão ofertadas 2.490 vagas. Vale ressaltar que, para cada cidade, há limite de vagas disponíveis, conforme tabela abaixo:

EstadoCidadeVagas
BASalvador360
MASão Luís180
CEFortaleza180
DFBrasília180
PR Curitiba 180
PABelém180
PBCampina Grande180
PITeresina180
ALMaceió180
ESVitória180
MGUberlândia180
MSCampo Grande180
SPSão Paulo150

Cronograma Revalida 2020 – segunda fase

Com a realização da Prova Prática de Habilidades Clínicas do Revalida nos dias 10 e 11 de julho, o Inep estabeleceu o seguinte cronograma que encerra a edição de 2020 do exame:

AçãoPeríodo
d) Aplicação10 e 11 de julho de 2021
e) Resultado preliminar do Padrão Esperado de Procedimentos (PEP)13/07/2021
f) Recurso às versões preliminares do Padrão Esperado de Procedimentos (PEP)13/07/2021 a 17/07/2021
g) Resultados do recurso ao Padrão Esperado de Procedimentos (PEP)23/07/2021
h) Divulgação do resultado preliminar da prova de habilidades clínicas16/08/2021
i) Recurso ao resultado preliminar da prova de habilidades clínicas17 a 21/08/2021
j) Resultados dos recursos ao resultado preliminar da prova de habilidades clínicas13/09/2021
l) Resultado final13/09/2021
m) Indicação da universidade revalidadora14/09/2021 a 19/09/2021

Participante reprovado poderá repetir prova de Habilidades Clínicas

O participante aprovado na 1ª Etapa do Revalida e reprovado na 2ª Etapa (prova de habilidades clínicas), dessa mesma edição, permanecerá habilitado à realização da 2ª Etapa do Exame nas duas edições seguintes, sem necessidade de submeter-se novamente à 1ª Etapa.

Revalida – Aplicado pelo Inep desde 2011, o Revalida busca subsidiar a revalidação, no Brasil, do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. As referências do exame são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional.

 O objetivo do exame é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia tambem: Prova do Revalida 2021 será em setembro. Inscrições a partir de 31/05

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Next Post

Conasems abre 20 mil vagas em curso de aperfeiçoamento em Gestão Municipal do SUS

Podem participar do curso de gestão municipal do SUS, entre outros, gestores e servidores municipais diretos e indiretos.